23 out – 27 nov 2021ExposiçãoArte
Hans Otte: Sound of Sounds

A Brotéria apresenta a primeira exposição em Portugal dedicada ao artista de Bremen Hans Otte (1926-2007) e ao seu mundo interior como parte do festival Hans Otte: Sound of Sounds. Para além das suas duas instalações sonoras arquetípicas Ich-Atemobjekt (1970) e Namenklang (1995), estará em exposição uma seleção representativa de partituras e desenhos de Otte, complementados por fotografias biográficas. A exposição viajará de Lisboa para Évora, Guimarães e Viseu.

A exposição inaugura na Brotéria no sábado dia 23 de outubro de 2021, das 16h às 19h

 

Curadoria do projeto
Joana Gama – pianista, investigadora
Ingo Ahmels – artista sonoro, investigador em som
 
Produção executiva
Rui Manuel Vieira

Apoio
Goethe-Institut
Karin und Uwe Hollweg Stiftung, Bremen
Associação de São Bartolomeu dos Alemães em Lisboa
Câmara Municipal de Évora
Culturgest
CESEM - NOVA FCSH
Fundação GDA
Teatro Viriato
 
Parceiros
Brotéria
Universidade de Évora
Universidade do Minho
 
Apoio especial 
Cato Bontjes van Beek-Gymnasium, Achim
 
Co-produção 
Goethe-Institut
CAAA Centro para os Assuntos da Arte e Arquitectura
:dacapo: ggmbh, Bremen



Mais informações em www.goethe.de/ins/pt/pt/kul/sup/ott.html

 

Privat_Hans_Otte_03

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Sobre o festival

Hans Otte: Sound of Sounds é um festival dedicado à obra do artista e compositor alemão Hans Otte (1926–2007). O festival consiste em concertos, instalações e exposições, assim como conferências no âmbito académico. Passará por quatro cidades – Lisboa, Évora, Guimarães e Viseu – entre outubro de 2021 e maio de 2022.

A influência de Hans Otte na distribuição e criação de música contemporânea na Europa Ocidental do pós-guerra como diretor do departamento de música da Radio Bremen foi significativa e o próprio Otte, com a ajuda do Goethe-Institut, apresentou um pouco por todo o mundo a sua obra-prima para piano “Das Buch der Klänge” / “O Livro dos Sons” com grande sucesso. As contribuições de Otte para o campo da arte intermedia e sonora também são múltiplas. Para além de peças musicais, a sua lista de obras contém instalações sonoras, peças de teatro musical, poemas e artes visuais.

Este festival foi desenvolvido nos últimos anos por Ingo Ahmels, musicólogo alemão e assistente de Hans Otte, e pela pianista e investigadora portuguesa Joana Gama. Este projeto é uma co-produção do Goethe Institut e do CAAA Centro para os Assuntos de Arte e Arquitectura e conta com os seguintes parceiros: Culturgest, CESEM - NOVA FCSH, Brotéria, Câmara Municipal de Évora, Universidade de Évora, Universidade do Minho e Teatro Viriato em Viseu.

Entrada Livre
Local: Brotéria
Eventos Relacionados